Sejam bem vindos pra dentro de mim. Aqui, estou expondo emoções, revelando minha alma, compartilhando com carinho... Publicando sentimentos. (Gil Façanha)

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Nosso lamento







Se quiseres sofrer por outro amor
Dói-me por dentro o teu tormento
Se meu carinho não aplaca a tua dor
Receba o que me resta... O meu lamento.
                                   
Se não valho aos teus olhos, o olhar dela
Entristece-me tuas lágrimas impensadas
Se levares tua vida a chorar por ela
Sobra-me a dor em minh’alma... Desgastada.

Tantas vezes falei de Amor... Tão iludida!
Eu temia algum dia te perder
Mas entendi que nessa vida tão sofrida
Não se perde o que jamais se pôde ter.


Gil Façanha

12 comentários:

Sandra Botelho disse...

Poxa dói tanto , quando nos iludimos...Lindo poema.beijos achocolatados

Flor da Vida disse...

É, as vezes sofremos pr não entender que se perdemos, é porque nunca foi nosso...
Lindo e profundo o teu poema! Aplausos!!!

Deixo carinhos pra ti, viu?
Beijos

Amanda disse...

Nossa,que lindo Gil!
Muito lindo mesmo,adorei!
A ilusão é algo muito triste,com certeza...e a desilusão então nem se fala neah?!
Bom,não sei se esse texto reflete o que vc sente ou é apenas um poema,mas só desejo melhoras,seja lá pra quem for.
Beijos e bom final de semana

MARILENE disse...

Pensamos que temos e sofremos com a ausência. Mas, em matéria de amor, não há certezas. O que não nos impede de viver os preciosos momentos, quando há harmonia.

Bjs.

Poeta Insano disse...

As passagens do amor pelo nosso caminho, sempre deixando suas marcas para nos inspirar...

Obrigado pela visita e pelo comentário em ''Dependente''
Lí o seu sobre a ''Cerveja'' e
ficou muito legal, podemos ter sentimentos por tudo que gostamos,
inclusive pelo que nos faz mal...
kkkkk

E obrigado pelas dicas sobre o Banner, vou dar uma olhada como fica com as dimensões sugeridas, se eu ainda tiver salvo aquele...

Um abraço!

Poeta Insano disse...

Toda forma de reconhecimento
oferecido a um blogueiro é sempre
bem vinda. Então, compartilho com você
o presente recebido.
Espero sua visita para buscar seu Selo.

Um abraço!

Caio *-* disse...

Olá Gil, tudo bem !
Deixei um presentinho para você em meu blog. Tem um novo selinho.

Beijos,
Caio

Cibis disse...

Acabo de perceber que o Insano dedicou o mesmo selo, mesmo assim gostaria de divulgar em meu blog o apreço pelos seus textos. Se puder passe por lá para dar uma olhada.
abraços

Gil Façanha disse...

Agradeço a todas as indicações dos selos e vou publicar o meu em breve. Só preciso me livrar da minha apresentação de monografia que será agora dia 20/06 (muito o que estudar) e prometo publicar o selo com suas regras..rs. Um beijo a todos e agradeço de coração.

★ taiane caroline disse...

Olá Gil, passei aqui para conhecer o seu blog e achei lindo os seus poemas e tudo mais. Amei essa parte:
"Tantas vezes falei de Amor... Tão iludida!
Eu temia algum dia te perder
Mas entendi que nessa vida tão sofrida
Não se perde o que jamais se pôde ter."
Lindo de mais! *-*
Beijos Gil, até a próxima.

★ taiane caroline disse...

Obrigada pelas suas palavras em meu blog. Agradeço por tudo que me falou Gil. A simplicidade de suas palavras me fez entender melhor o que eu realmente queria entender.
Que Deus te ilumine sempre Gil.

Um Cantinho para Sonhar disse...

Minha querida Gil,
Vim agradecer o carinho e matar a saudade...!
Tem selinho pra vc no meu cantinho.
http://humcantinhoparasonhar.blogspot.com/

Beijinhos
Suzy

Search box

Related Posts with Thumbnails