Sejam bem vindos pra dentro de mim. Aqui, estou expondo emoções, revelando minha alma, compartilhando com carinho... Publicando sentimentos. (Gil Façanha)

domingo, 19 de setembro de 2010

Minhas entrelinhas


Nas linhas do meu corpo, está escrito uma alma intensa
Cada rima que exponho é pra estimular o que meu leitor pensa.
Quem hoje lê meus versos pensa saber de quem se trata.
Mas confesso que a poesia revela apenas minha parte abstracta.

Entrego-me pelas letras, em rimas claras e às vezes confusas
Quem pensa que sou tudo o que escrevo, não percebe minha imagem difusa.

Revelo o que convêm, escrevo paixões ocultas
Inspiro-me em imagens de santa...
Excitam-me as imagens de puta.

Mas não se enganem com as loucuras que a escrita me traz,
Muitas imagens que proporciono a realidade as desfaz.

Das ilusões que alimento e transformo em fantasias
Nem todas serão minhas.
Se queres conhecer a mulher por trás da poetisa
Leia bem minhas entrelinhas.


Gil Façanha

Nenhum comentário:

Search box

Related Posts with Thumbnails

Arquivo