A intensidade que sou


Eu doaria apenas um pedaço de mim, se conseguisse não me entregar inteira.
Eu viveria apenas o momento, se alguns momentos não virassem história dentro de mim.
Eu partiria sem dizer adeus, se esse adeus sem palavras não me partisse em pedaços.
Eu poderia amar só um pouco, se o amor não fosse tão sem medidas no meu perceber.
Eu poderia dizer não tantas vezes, se não fosse tão importante dizer sim.
Eu arriscaria apenas uma parte, se eu conseguisse não apostar no todo.
Eu choraria apenas de vez em quando, se essa não fosse a minha forma mais intensa de gritar.
Eu apenas esboçaria um breve sorriso quando estou feliz, se eu conseguisse não gargalhar. 
Eu sentiria um breve prazer, se a minha entrega não fizesse o meu corpo tremer.
Eu poderia ser mais contida, se o que contenho não me dominasse tanto.
Eu poderia gemer baixinho, só no ouvidinho, como menina tímida... Se eu não fosse tão conscientemente,  fêmea- mulher.
Eu conseguiria sofrer menos se não sentisse demais.
Eu poderia não me decepcionar com ninguém, se pra mim, não fosse tão importante acreditar. 
Eu poderia não causar nenhuma dor em outro coração, se eu não fosse tão humana.
Eu poderia falar menos, se eu conseguisse não explicar em demasia.
Eu não daria nenhuma explicação, se eu não tivesse nenhuma razão pra temer que ninguém entenda o que vou dizer.
Eu poderia parecer mais simples, se a simplicidade que escondo não me deixasse tão a mercê. 
Eu deveria ser menos veemente... Se ser intensa, já não fosse o meu único jeito de ser.

Gil Façanha


Comentários

eu vi rosas
e jasmins namorando
trocando cheiros
em meu jardim
margaridas e lírios molhados
que apaixonados riam pra mim
agradeci o amor dessas flores,
o perfume, as cores...
e a beleza que Deus fez assim..

Tadeu

Uma semana de Paz e Poesia!Beijos!! M@ria
Everson Russo disse…
Beijo carinhoso de otima semana e um belo feriado pra ti querida...
Um abraço afetuoso, um bom ínicio de semana, beijos em teu coração.
Quando fala o amor, a voz de todos os deuses deixa o céu embriagado de harmonia.

William Shakespeare

Bom dia e carinho meu!....M@ria!
"Eu doaria apenas um pedaço de mim, se conseguisse não me entregar inteira.
Eu viveria apenas o momento, se alguns momentos não virassem história dentro de mim.
Eu partiria sem dizer adeus, se esse adeus sem palavras não me partisse em pedaços."

Uauuuuuuuu!!!!
Minha nossa, Gil!... Que poesia sincera, meiga e encantadora...!
Li e reli e estou simplesmente estática diante de tanto talento!!!

Parabéns, parabéns, parabéns...Amei!

Com carinho, Suzy.
Beijinhos no ♥!
Quanto amor e ternura,poetisa vc é perfeita.
Parabéns por transmitir o coração de uma mulher que verdadeiramente ama!!!
bjssssssssssssss
clea sylvia disse…
Que lindo texto!!
Tem tudo de mim, transbordante, intensa, vulcânica...
Amei
bjs
alma de loba disse…
Obrigada pelas palavras gentis, vc tambémé otima
bjs

Postagens mais visitadas