Sejam bem vindos pra dentro de mim. Aqui, estou expondo emoções, revelando minha alma, compartilhando com carinho... Publicando sentimentos. (Gil Façanha)

sábado, 16 de outubro de 2010

Apenas por hoje



Que sensação é essa que parece me consumir? Estou cheia do mundo! Não cansada... Digo cheia, lotada, até a borda do que eu sou. Está tudo aqui, em mim. Vou explodir.
Há uma necessidade de entendimento, compreensão sem lamentos, lágrimas sem nenhuma explicação. Quero uma visão de 360º...Tudo bem, posso me contentar com 180º. Dá pra ser então?
Se não pode ser como eu quero, e nem pode ser como aceito, então pra que me perguntam o que quero?
Quero é me desfazer das regras! Quero me desfazer do que apenas é possível! E quem disse que o impossível me atrai? Eu só quero o MEU possível.
Não quero pensar o que pensam de mim. Não quero temer o que dirão. O que farão. E daí para o que são?
Quero um momento rebelde sem causa, quero correr na chuva descalça, quero falar um monte de palavrão, quero comer usando somente as mãos.
Quero ultrapassar todas as medidas, quero fazer um monte de merda na vida e sem tirar o pé do chão.
Quero ser o TUDO o que sou... sem receio, sem pudor, sem nenhuma classificação.
Quero mandar tudo pro inferno e amanhã, quando acordar eu quero ter a sensação de que ta tudo bem, que apesar dos pesares eu não magoei ninguém... Por que tudo o que fiz, foi somente meu próprio mal... Foi meu próprio bem.


Gil Façanha

Um comentário:

Monica Pamplona disse...

Que vontade maravilhosa essa.
O que te impede?Por vezes é muito bom agir de acordo com que se sente.Geralmente costumo fazer.Aliás,...Acho que sou assim.Não me interessa o que pensem de mim.Se bebo,fumo,falo palavrão,danço,curto a vida.Mas sem precisar agredir ninguém,nem mesmo a mim.Seu texto até parece uma repreensão a si mesma.
Bjss amore

Search box

Related Posts with Thumbnails