Bem me quer... Mal me quer.


Um poema que reflete um tipo de conflito vivido por muitos casais. O medo de recomeçar... E a vontade de recomeçar. Tudo depende do ponto de vista



(LEIAM O TEXTO NO SENTIDO NORMAL E DEPOIS LEIAM DE BAIXO PARA CIMA)



Eu já te esqueci.
Não posso mentir dizendo que
Ainda te amo.
O tempo destruiu os nossos sonhos, e eu
Não consigo negar
E agora? Como posso simplesmente ir embora?
Tudo se perdeu na assassina rotina.
Não poderia olhar nos teus olhos e não me emocionar. Nem
Mesmo o Coração destroçado saberia dizer que ainda te quero.
Estou pronta! Vou conseguir.
Sem olhar pra trás... Vou recomeçar.



Gil Façanha

Comentários

Anônimo disse…
Muito massa, isso! Bem diferente!
Tamires disse…
Adorei, muito criativo.
Seguindo ;)

Postagens mais visitadas