Sejam bem vindos pra dentro de mim. Aqui, estou expondo emoções, revelando minha alma, compartilhando com carinho... Publicando sentimentos. (Gil Façanha)

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Arrependido




Tu retornas como quem cede ao vício,
E diante do precipício, curva-se para cair de amor.
Sussurras o lamento daquele adeus...
Arqueado pela saudade, com olhar furtivo,
Lastima a partida sem razão.
Sôfrego, rendido, assume a beleza do pecado,
A dor e a delícia de me ter em tuas mãos.


Gil Façanha

Um comentário:

silvioafonso disse...

.


Não digas o que os meus lábios
não teriam a coragem de dizer.
Não fales o que os meus ouvidos
não saberiam entender, mas te
cales no silêncio da saudade
ou que surjas da penumbra dos
meus pesadelos à claridade dos
meus dias verdadeiros como a
mulher da minha vida, do meu
amor primeiro.

Estou te seguindo, atreva-te e
sigas a quem te acompanha.

silvioafonso





.

Search box

Related Posts with Thumbnails