Sejam bem vindos pra dentro de mim. Aqui, estou expondo emoções, revelando minha alma, compartilhando com carinho... Publicando sentimentos. (Gil Façanha)

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

De dentro pra fora



Aqui no silêncio do meu quarto,
Na penumbra da minha solidão,
Revejo os antigos passos,
Repenso cada emoção.

Essa solidão que me invade,
Acolhe-me e me expõe ao mundo,
Abre meu peito sem alarde,
E me revela inteira em um segundo.

Vejo-me intensa,
Ainda que sem rumo.
Uma profundidade propensa,
A me tirar do prumo

Fecho os olhos e mergulho fundo
Nessa alma prolixa, confusa.
Sinto-me afogar em meu próprio mundo,
E me perco em sentidos contrários, de maneira difusa.

Estou dispersa entre os conceitos criados,
Nem sei bem como me revelar.
E de esperança cansada,
Questione-me se me encontrarei de dentro pra fora...
Ou se de fora pra dentro, alguém irá me encontrar.


Gil Façanha

Nenhum comentário:

Search box

Related Posts with Thumbnails