Sejam bem vindos pra dentro de mim. Aqui, estou expondo emoções, revelando minha alma, compartilhando com carinho... Publicando sentimentos. (Gil Façanha)

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Calmaria


Sinto uma enorme necessidade de parar, e apenas observar.
Tem uma bagunça que deixei crescer por dentro,
E entre alegrias e lamentos, agora preciso me resguardar.

É uma urgência de parar  pra ver o tempo passando,
Analisar por onde estive andando,
E reavaliar o que andei planejando.

Fui levada pelos ventos dos desejos, da procura por mim mesma...
E agora longe da tempestade, caída de um furacão que passou,
Sinto a intensa necessidade de entender no que isso me transformou.

Já não respiro ofegante, sinto o peito mais leve, já não ouço mais gritos...
Minha alma sussurra o que eu preciso saber.
Mas ainda com fome de vida, preciso parar e ouvir pra conseguir entender.

Arrumar a casa, retirar os entulhos e guardar bem o que não me serve mais.
Não jogar fora nenhuma escolha perdida, valorizar o que tive da vida,
E amadurecer tudo que toda busca nos trás.


Gil Façanha 

Nenhum comentário:

Search box

Related Posts with Thumbnails