Medo de amar




Ofereces teu amor em devaneios,
Prometes paixão infinda, eterno zelo.
E eu que já não creio em vão apelo,
Duvidosa, contenho meus anseios.

Teu olhar me invade, me toca fundo,
Em meus lábios um sorriso se desenha.
E por mais que te evite e me contenha,
Teu amor já invadiu todo meu mundo.

E assim entre temores e desejos
Sonhando com teu corpo, com teu beijo,
Vejo-me enfeitiçada nos braços teus.

Amar-te para sempre é o que quero
Embora por temor me desespero
Receando a hora amarga de um adeus. 

Gil Façanha

Comentários

Amanda disse…
Medo de amar é normal Gil,o que não pode deixar é que esse seu medo atrapalhe ... Bate de frente com ele e diz : Escuta,quem manda aqui no meu coração sou eu e agora eu to mandando vc sair pq a coragem tá chegando,morô?
rrsrsrs
Beijos e ótima semana pra vc!
Até mais
Belos scraps disse…
Muito lindo, forte e verdadeiro!Parabéns!

Postagens mais visitadas