Hoje


Hoje... Estou sozinha. Não porque me deixaste, mas porque entendi que nunca esteve aqui.
Hoje... Estou triste. Não porque te calas, mas porque tuas palavras foram todas em vão.
Hoje... Meu coração está vazio. Não porque você disse adeus, mas porque partiu sem olhar pra trás.
Hoje... Sou outra pessoa. Não porque me magoaste, mas porque o teu descaso faz com que eu não te queira mais.
Hoje... Estou de alma ferida, sentindo pena da minha própria vida, vendo os teus passos irem em outra direção.
Hoje... Lembro que dediquei todo meu carinho pra esquentar nosso ninho, e agora já não há mais retribuição.
Hoje... E apenas hoje, permito-me um instante de tristeza e dor. 
Mas quando o dia acabar e a lua se levantar, começo uma nova estrada... Pois ainda hoje, direi que a tristeza acabou.

Gil Façanha




Comentários

Flor da Vida disse…
Amiga, poema profundo, e lindo... Muito lindo!!! Musica maravilhosa! Amei tudo! Carinhos e beijos pra ti.
Gil,
Permita-me aplaudir de pé esse triste poema que enche os olhos de lágrimas, mas que nos mostra a capacidade que tens em poetizar com o sentimento mais belo existente em ti!
"O Amor!"

Simplesmente lindo, amiga!
Beijos no ♥!

Com carinho,
Suzy

Postagens mais visitadas